30 programas no bairro Liberdade que vão fazer você se sentir no Japão

Escrito por Marta Stegani

O bairro da Liberdade, em São Paulo, é o maior reduto da comunidade japonesa na cidade. Por isso, caminhar pelas ruas do distrito é como estar no próprio Japão. Além das lanternas e letreiros orientais que chamam a atenção nas ruas, o destaque fica com o comércio local, com lojas, bares, karaokês e restaurantes que transportam o visitante para a Terra do Sol Nascente.

Confira este guia com 30 programas para se apaixonar pela Liberdade.

Bairro Liberdade: o que fazer

As principais atrações do bairro podem ser percorridas em uma caminhada e intercaladas com paradinhas para um tradicional prato oriental que você vai encontrar pelo caminho.

1. Feirinha da Liberdade

A Feirinha da Liberdade é o principal atrativo da região. Ela acontece aos finais de semana e atrai simpatizantes da cultura japonesa de todas as idades. São mais de 200 barracas que oferecem artesanato, muitos produzidos pelos próprios vendedores, e também uma enorme quantidade de barraquinhas de comidas típicas japonesas e chinesas, como guiozá, takoyaki, yakissoba, yakibifum, bolinhos de polvo, entre outros – não espere conforto, o esquema é escolher um canto e comer em pé mesmo.

  • Endereço: Praça da Liberdade, s/nº – próxima à estação de metrô Liberdade.
  • Valor de entrada: gratuito.
  • Horário de funcionamento: sábado, das 9h às 18h e domingo, das 9h às 19h.

2. Jardim Oriental

O Jardim Oriental é um cantinho de tranquilidade em meio à agitação ao redor. O local tem o estilo dos jardins orientais e um lago com carpas. É um espaço pequeno, bom para dar uma pausa, apreciar a natureza e continuar o passeio.

  • Endereço: R. Galvão Bueno, 72.
  • Valor de entrada: gratuito.
  • Horário de funcionamento: diariamente, das 10h às 16h.

3. Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil

O Museu Histórico da Imigração Japonesa é uma rica fonte de conhecimento sobre a chegada da colônia japonesa ao Brasil. Possui um acervo de mais de 97.000 itens que pertenceram aos imigrantes e que registram sua história. No acervo estão objetos que foram usados no dia a dia, diários escritos durante o desbravamento, pinturas que descrevem o modo como viviam, entre outros achados.

É o maior museu sobre imigração japonesa do mundo. Foi inaugurado em 1978, no aniversário de 70 anos da imigração japonesa. É uma viagem no tempo para os amantes da cultura japonesa.

  • Endereço: R. São Joaquim, 381.
  • Valor de entrada: R$ 12. Estudantes com carteirinha, idosos acima de 60 anos e crianças de 5 a 12 anos pagam meia entrada.
  • Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 13h30 às 17h.

4. Templo Budista Busshinji

Seguindo na Rua São Joaquim, onde está o Museu da Imigração Japonesa, está o templo budista Busshinji. Para quem quer relaxar, às quartas e sábados acontecem sessões de meditação guiada para iniciantes, na qual são dadas orientações sobre postura, respiração e diversos procedimentos. Antes de ir, acesse o site e confira as instruções para participar.

No templo também acontecem outras cerimônias abertas ao público. Saiba aqui quais as datas e horários e aproveite essa oportunidade de fazer uma imersão na cultura.

  • Endereço: R. São Joaquim, 285.
  • Valor de entrada: gratuito.
  • Horário de funcionamento: saiba no site os horários das cerimônias e sessões de meditação.

5. Palacete Conde de Sarzedas

Um castelinho construído no século XIX contrasta com o prédio espelhado do Tribunal de Justiça ao fundo. É no palacete, tombado em 2002, que funciona o Museu e Centro Cultural do Tribunal de Justiça de São Paulo, que tem o objetivo de preservar e divulgar os elementos materiais relacionados à vida e tradições do Poder Judiciário Paulista.

Mas o que chama a atenção é a história por trás da construção, que também é conhecida como Castelinho do Amor. Segundo a lenda, o castelo teria sido erguido pelo deputado Luiz de Lorena Rodrigues Ferreira, de 60 anos, para viver com Marie Louise Belanger, uma francesa de 18 anos com quem se casou, daí o nome carinhoso.

  • Endereço: R. Conde de Sarzedas, 100.
  • Valor de entrada: gratuito.
  • Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 11h às 17h.

6. Festivais orientais

Todos os anos a Liberdade é palco de festas que atraem imigrantes que vivem na região e turistas que se encantam com as cores e tradições centenárias que permanecem vivas. Anote esses eventos na sua agenda e programa-se.

Em janeiro tem o Ano Novo Chinês, em abril, o Festival das Flores, que celebra o nascimento de Buda Xaquiamuni, em julho, o Tanabata Matsuri, ou Festival das Estrelas, em dezembro tem o Toyo Matsuri, quando as ruas são decoradas com bandeiras e mensagens de boa sorte e apresentações típicas e o Moti Tsuki, que acontecem na passagem do ano e é o momento em que famílias se reúnem para preparar o bolinho de arroz, que representa prosperidade.

  • Endereço: Praça da Liberdade.
  • Valor de entrada: gratuito.

Além desses espaços para visitação, atente-se durante a caminhada para as luminárias, faróis e toda a arquitetura dos prédios, que por si só farão você se sentir no Japão.

Restaurantes no Bairro Liberdade

Sabores são o que não faltam na Liberdade. Entre as opções você encontra comida chinesa, coreana, tailandesa e os clássicos japoneses que não podem faltar.

7. Espaço Kazu

No Espaço Kazu o visitante tem uma experiência gastronômica completa. É possível escolher entre o Izakaya Kazu, um restaurante moderno que dispõe de pratos clássicos e outras opções como os Teppan Yakis, Teishokus e Domburis. No local também funciona o Kazu Cake, uma cafeteria em moldes orientais que oferece bolos, doces, cafés e chás. O Café Emporium é uma adega de saquê com diversas marcas e categorias de saquês, shochus e whiskies, e por fim o Meu Udon, uma casa especializada em Udon, com massas frescas e artesanais.

  • Endereço: R. Thomaz Gonzaga, 84/90.
  • Horário de funcionamento Izakaya Kazu: almoço – terça, das 11h às 15h, quarta a domingo e feriados, das 11h às 15h30. Jantar – de terça a sábado, das 18h às 22h30, domingos e feriados, das 18h às 21h.
  • Horário de funcionamento Kazu Cake: terça a domingo e feriados, das 10h às 21h.
  • Horário de funcionamento Sake Emporium: terça a domingo e feriados, das 10h às 21h.
  • Horário de funcionamento Meu Udon: almoço – terça a domingo e feriados, das 11h30 às 15h30. Jantar – terça a sábado, das 18h às 22h30, domingos e feriados, das 18h às 21h.

8. Restaurante Rong He

O Rong He é um restaurante chinês localizado no coração da Liberdade. A casa é simples e às vezes pode ter fila de espera, mas em compensação, o preço é camarada e os pratos são muito servidos e feitos para dividir. No cardápio estão também bebidas típicas, sobremesas e opções vegetarianas.

  • Endereço: R da Glória, 622-A.
  • Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 11h30 às 15h e das 18h às 22h30; sábado, domingo e feriados, das 11h30 às 22h30.

9. Tanka Restaurante

O Tanka é um restaurante no qual o visitante tem à disposição o melhor da culinária japonesa, tailandesa, chinesa e coreana. Por um preço fixo, o cliente pode se servir à vontade de pratos quentes e frios, sobremesas e frozen yogurt – as bebidas são pagas à parte e são servidas no esquema de refil.

A localização é privilegiada – ele está na Praça da Liberdade – e é uma viagem pelo mundo da gastronomia.

  • Endereço: Praça da Liberdade, 149 – 1º andar – dentro do Hotel Akasaka.
  • Horário de funcionamento: terça a sexta, das 11h30 às 15h e das 18h às 23h; sábado, das 11h30 às 16h e das 18h às 23h; domingo e feriados, das 11h30 às 16h e das 18h às 22h.

10. Restaurante Chi Fu

O Chi Fu é um restaurante de comida chinesa que serve pratos saborosos e fartos a alimentam tranquilamente mais de uma pessoa. A decoração também é inspirada em temas chineses e alguns dos funcionários não falam o português muito bem, o que às vezes pode atrapalhar a comunicação, mas isso é esquecido quando o prato chega à mesa. A casa não aceita pagamento em cartão, portanto, leve dinheiro em espécie.

  • Endereço: Praça Carlos Gomes, 200.
  • Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 11h às 16 e das 18h às 22h; sábado e domingo, das 11h às 17h e das 18h às 22h.

11. Momo Lamen

Um dos pratos mais consumidos no Japão ganhou um espaço só para ele na Liberdade. O Momo Lamen oferece 13 tipos de lamen e quatro tipos de udon, além de diversas entradas e sobremesas. As massas são de fabricação própria e os caldos seguem receita original da casa. Os pratos são bem generosos e os preços amigáveis. É uma boa opção para espantar o frio após um dia de passeio.

  • Endereço: R. dos Estudantes, 34.
  • Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 11h às 15h e das 18h às 22h; sábado, das 11h às 22h; domingo, das 11h às 21h.

12. Sushi Isao

Não poderia faltar sushi entre as melhores opções da Liberdade. O Sushi Isao oferece um buffet completo, com 92 opções de pratos frios e quentes e cerca de 50 combinações de sushis. A casa é comandada há mais de 30 anos pelo mesmo chef, que é conhecido como o Samurai da Liberdade.

Além da variedade de pratos, os ingredientes utilizados são frescos, o atendimento de primeira e o ambiente agradável, porém os preços são considerados um pouco elevados, mas para os apreciadores da boa comida japonesa, o investimento vale a pena.

  • Endereço: R. da Glória, 111 – 2º andar.
  • Horário de funcionamento: de terça a sábado, das 11h30 às 14h30 e das 18h às 21h40; domingos e feriados, das 11h30 às 14h30 e das 18h às 21h.

13. Restaurante Yamaga

O Yamaga é um restaurante que serve desde 1985 culinária tradicional japonesa e agrada os paladares exigentes. A casa é comandada pelo chef Toshizo e sua esposa. Os pratos são preparados com ingredientes frescos e muita técnica, prova disso é que Toshizo é um dos poucos chefs do Brasil com reconhecimento do governo japonês. O restaurante é pequeno, porém agradável e aconchegante.

  • Endereço: R. Tomas Gonzaga, 66.
  • Horário de funcionamento: segunda, terça, quinta e sexta, das 11h30 às 14h30 e das 18h30 às 22h30; sábado, das 12h às 15h e das 18h30 às 23h; domingo, das 12h às 20h.

Os restaurantes na Liberdade sempre surpreendem, portanto, não ignore pequenos espaços que encontrar pelo caminho. Ali você pode descobrir um saboroso prato preparado por uma família tradicional.

Bares no Bairro Liberdade

A grande atração do bairro da Liberdade são os karaokês, que atraem visitantes em busca de cantoria, cerveja e petiscos japoneses.

14. Choperia Liberdade

A Choperia Liberdade é um dos locais mais tradicionais do bairro e pode ser bem definido como um bar exótico e descontraído. Localizada no coração da Liberdade, a casa tem karaokê – mesmo que você não se arrisque, dá para se divertir observando os desafinados -, mesas de sinuca e decoração com paredes vermelhas, lanternas coloridas e mesas com estofado de couro.

Para comer são servidas porções de petiscos, como sushi e temaki, e churrasquinho, o mais pedido pelos clientes. Estão à disposição também pratos japoneses preparados na hora. É uma boa pedida para quem quer uma noite de diversão com os amigos.

  • Endereço: R. da Glória, 523.
  • Valor de entrada: gratuito.
  • Horário de funcionamento: de terça a quinta e domingo, das 19h às 5h; sexta e sábado, das 19h às 6h.

15. Samurai Karaokê

Na mesma rua que a Choperia Liberdade está outro tradicional e badalado karaokê: o Samurai. Quem se arrisca a cantar encontra um cardápio musical com mais de 16 mil músicas e reúne tanto aqueles que estão ali pela diversão, quanto quem leva a cantoria a sério.

No térreo, funciona um restaurante que serve sushis, sashimis e pratos tradicionais da culinária japonesa e também porções de pasteis, frango a passarinho, entre outros, além de cerveja e vários rótulos de saquê.

  • Endereço: R. da Glória, 608.
  • Valor de entrada: gratuito.
  • Horário de funcionamento: de segunda a terça, das 19h às 2h; quarta e quinta, das 19h às 3h; sexta e sábado, das 19h às 4h.

16. Tequila’s Karaokê

A Rua da Glória é o point dos karaokês, e o Tequila’s é mais uma das opções da região, sendo uma mistura de karaokê, boteco e balada. Espelhos e luzes neon dão clima ao ambiente e o palco bem iluminado mostra os artistas da noite. Para degustar, pratos da culinária brasileira e oriental, e no bar, diversas opções de bebidas.

O local é a cara da liberdade e um espaço para quem busca uma noite de muita diversão.

  • Endereço: R. da Glória, 543.
  • Valor de entrada: de segunda a quarta – R$ 15; quinta, sexta, sábado, feriado e véspera de feriado – R$ 30 em dinheiro e R$ 32 no débito.
  • Horário de funcionamento: de segunda a quinta, das 19h às 3h; sexta e sábado, das 19h às 5h.

17. Izakaya Issa

O Izakaya Issa é um típico bar japonês, pequeno e bem discreto, porém acolhedor. No local existem algumas mesinhas, mas a graça está em se sentar no balcão. O atendimento é feito pela simpática dona Margarina, proprietária do local, e mais algumas ajudantes. São servidos pratos legítimos da culinária japonesa e bebidas, com destaque para os saquês.

  • Endereço: R. Barão de Iguape, 89.
  • Valor de entrada: gratuito.
  • Horário de funcionamento: de segunda a domingo, das 18h às 23h.

18. Izakaya Kintaro

O Bar Kintaro é inspirado nos típicos botecos do Japão. Você pode não dar nada ao se deparar com a portinha simples, mas saiba que ali dentro você irá experimentar a típica e saborosa culinária japonesa.

O bar é familiar, a cozinha é comandada pela Dona Líria, matriarca da família, que trabalha ao lado dos filhos e das noras. Uma curiosidade é que a família tem tradição no sumô, por isso o bar é decorado com imagens de lutadores. O visitante se serve no próprio balcão ou em banquinhos colocados na calçada em dias de grande movimento.

  • Endereço: R. Thomaz Gonzaga,57.
  • Valor de entrada: gratuito.
  • Horário de funcionamento: de segunda a quinta, das 8h às 23h; sexta, das 8h à 0h; sábado, das 8h às 21h.

19. O Marquês Bar

Nem só de karaokês vive a Liberdade. O Marquês é um bar sertanejo no reduto japonês. Ele está localizado em um armazém do início do século XX na Casa de Portugal. A decoração é rústica, com paredes de madeira e tijolos e pouca iluminação, o que torna o ambiente convidativo para amigos e casais.

A casa serve comida de boteco e as porções são bem servidas. O cardápio de bebidas é diversificado, com cervejas nacionais e importadas, whisky, vinho e drinks. Para animar, música sertaneja ao vivo.

  • Endereço: Av. da Liberdade, 596.
  • Valor de entrada: os valores variam dependendo do horário, mas não passam de R$ 15 (homens) e R$ 10 (mulheres).
  • Horário de funcionamento: quinta – abertura às 17h, sertanejo acústico das 19h30 às 23h30; sexta – abertura às 17h, sertanejo acústico das 19h30 às 4h; sábado – abertura às 20h, sertanejo acústico das 22h às 5h.

Curtiu os karaokês? Se você quer mais um opção, o Karaokê Box Kampai tem salas individuais e uma imensa variedade de músicas para se divertir.

Lojas do Bairro Liberdade

As lojinhas da Liberdade vão te transportar para o Japão. Lá você vai encontrar produtos para casa, cozinha, maquiagem e guloseimas que você não encontra por aí.

20. Casa Bueno

Um dos lugares mais tradicionais quando o assunto é compras na Liberdade é a Casa Bueno. O mercado de produtos orientais tem de tudo um pouco: itens para preparar pratos orientais, temperos, frutas e legumes – dos tradicionais ao exóticos – guloseimas e também utensílios para cozinha. Por conta da variedade e dos preços, costuma estar sempre cheio, principalmente aos finais de semana.

  • Endereço: Praça da Liberdade, 113.
  • Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 8h às 19h50; sábado, das 7h30 às 19h50; domingo, das 8h às 19h50.

21. Towa Mercearia

O Towa é onde você encontra todos os ingredientes para preparar aquela receitinha japonesa. O mercado é especializado em produtos orientais e nas prateleiras estão legumes e verduras frescos, temperos e artigos que geralmente são encontrados em mercearia.

  • Endereço: Praça da Liberdade, 113.
  • Horário de funcionamento: diariamente, das 8h às 19h.

22. Empório Azuki

No Empório Azuki você encontra produtos importados não apenas do Japão, mas de diversas partes do mundo. Entre as prateleiras estão bebidas, doces, biscoitos, temperos e uma variedade de produtos para saborear. Além da variedade de opções que você não encontra por aí, os preços são atraentes, o que fará você voltar para casa com a sacola cheia.

  • Endereço: R. Galvão Bueno, 16.
  • Horário de funcionamento: de domingo a quinta, das 8h às 19h; sexta e sábado, das 8h às 20h.

23. Marukai

O Marukai funciona como um supermercado, onde se encontram produtos de diversos lugares do mundo, mas especialmente do Japão. Entre as gôndolas destacam-se a sessão de obentô, comidas prontas, doces, temperos e mercearia em geral, mas também é possível encontrar produtos para presentes e utilidades domésticas.

  • Endereço: R. Galvão Bueno, 34.
  • Horário de funcionamento: diariamente, das 8h às 20h.

24. SoGo Plaza Shopping

O SoGo Plaza Shopping é lugar onde você encontra de tudo, capinha para celular, eletrônicos, roupas, fantasia de cosplay, produtos geek, jogos, mangás e muitos outros produtos relacionados a cultura japonesa.

O local não é como um shopping convencional, mas uma espécie de galeria com várias lojinhas. Chegando no final do corredor, o visitante se depara com uma escada que dá acesso para os outros andares. É um bom passeio para fãs desse universo e que estão dispostos a gastar.

  • Endereço: R. Galvão Bueno, 40.
  • Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 9h30 às 19h30; domingo, das 10h às 18h.

25. O Segredo dos Doces

O nome já entrega a especialidade da loja. A bomboniere reúne guloseimas brasileiras e importadas de diversas nacionalidades. É uma tentação circular pelos corredores e se deparar com balas orientais, chocolates, salgadinhos, refrigerantes, sem contar nas promoções, que tornam a visita ainda mais irresistível. Com certeza você vai voltar para casa cheio de delícias!

  • Endereço: R. Galvão Bueno, 13.
  • Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 8h às 20h; sábado e domingo, das 8h30 às 19h.

26. Tenman-ya

A Tenman-ya é o paraíso para quem gosta de utensílios domésticos e de decoração. É umas das maiores lojas do segmento na região. Lá você encontra produtos para mesa, cozinha, jardinagem, presentes e muito mais, tudo para quem quer levar o Japão para dentro de casa. Experimente circular pelos corredores, fazer descobertas e se encantar com as opções.

  • Endereço: R. dos Estudantes, 19.
  • Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 9h às 19h; domingo, das 9h40 às 18h.

27. Fancy Goods

A Fancy Goods atua no segmento de papelaria e lá você encontra de tudo para material escolar, mas também lembrancinhas, objetos de casa e decoração, presentes e as coisas mais fofas que você possa imaginar. Os objetos são criativos, coloridos e úteis para o dia a dia. Difícil é entrar na loja e sair de mão vazia.

A boa noticia que a Fancy Goods tem também uma loja online. É só acessar e encher o carrinho.

  • Endereço: R. Galvão Bueno, 224.
  • Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 9h às 19h; domingo, das 9h30 às 18h30.

28. Audrey Make up Center

A mulherada pode se beneficiar da tecnologia japonesa em produtos de beleza na Audrey Cosméticos. A loja oferece uma variedade de maquiagens e acessórios, produtos para cabelos, unhas e cuidados com a pele de marcas nacionais, mas principalmente importadas. Além da vasta opção, os preços são chamativos.

  • Endereço: R. Galvão Bueno, 69.
  • Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 9h às 18h30; domingo, das 10h às 18h.
  • 29. Ikesaki

    A Ikesaki é referência quando o assunto é beleza. O visitante encontra produtos para as unhas, pele, cabelo – e não apenas shampoos, mas acessórios em geral – e pertences para salão de beleza. Prepare-se para andar pelos quatro andares e arrematar produtinhos por preço abaixo do mercado. A boa notícia é que a loja também vende pelo site.

    • Endereço: R. Galvão Bueno, 37.
    • Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 8h15 às 18h45; sábado, das 8h15 às 17h45; domingo, das 10h às 16h45.
    • 30. Livraria Sol

      A Livraria Sol é pioneira em livros japoneses no Brasil. Quem gosta da leitura oriental encontra livros, revistas de moda, os últimos lançamentos dos mangás e também papel de origami, pinceis japoneses e artigos de papelaria.

      Além de circular pela loja e sentir o cheirinho dos livros, a livraria também faz vendas pela internet. Se não encontrar o que procura, eles também aceitam encomenda.

      • Endereço: Praça da Liberdade, 153.
      • Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 9h às 18h; domingo, das 11h às 17h.

      Caminhando pela Liberdade, não deixe de entrar também no Shopping Trade Center para mais comprinhas.

      15 fotos do Bairro Liberdade que vão fazer você pensar que está no Japão

      Nunca foi ao bairro da Liberdade e quer saber um pouco mais o que encontrar quando chegar lá? Dá uma olhada nessas fotos!

      1. Você sabia que a Liberdade tem um viaduto chamado Cidade de Osaka?

      2. Olhe para cima e repare nos postes de luz

      3. Observe também os semáforos ao atravessar a rua

      4. As ruas ganham novas cores ao anoitecer

      5. Todos os cantos são fotogênicos

      6. Dentro das lojas a viagem continua…

      7. Será que você consegue entender os rótulos?

      8. Os bonsais, encontrados na feirinha, são um ótimo presente!

      9. Ao desembarcar na estação você já está em um outro mundo

      10. As fachadas chegam a confundir

      11. Não deixe de experimentar novos formatos e sabores

      12. Quando tem festa, a Liberdade fica ainda mais linda!

      13. O dragão é o personagem principal da festa!

      14. Impossível não se encantar com as cores do Tanabata Matsuri!

      15. Vem pra Liberdade e embarque nessa viagem pro Japão!

      A Liberdade é o destino certo para conhecer o Japão sem sair de São Paulo! Está por São Paulo e tem um tempinho livre para desbravar a cidade? Conheça 23 passeios baratos para fazer na selva de pedra!

PARA VOCÊ