Delta do Parnaíba: um arquipélago cheio de beleza e natureza no PI

Por                                
Em 07.01.21

O Delta do Parnaíba é um dos locais mais ecologicamente diversos do Brasil. Nesse lindo destino é possível aproveitar de rios e mar até dunas e mangues. Tudo com paisagens de tirar o fôlego e que podem produzir memórias inesquecíveis durante uma viagem. Conheça mais dessa beleza da natureza que é o terceiro maior delta do mundo.

Continua após o anúncio

Mapa do Delta do Parnaíba

Localizado em Piauí e na fronteira com o Maranhão, o Delta do Parnaíba fica a 340 quilômetros da capital Teresina e a 500 quilômetros de Fortaleza. O Rio Parnaíba é de onde origina-se o nome deste destino e conta com 1,4 mil quilômetros, mas o arquipélago do Delta vai além, com 2,7 mil quilômetros quadrados, já que inclui as ilhas formadas a partir das barras (saídas para o mar).

Como ir ao Delta do Parnaíba

O melhor ponto de referência de como chegar ao Delta do Parnaíba é o Aeroporto Internacional de Parnaíba “Prefeito Dr. João Silva Filho”. Desse ponto, é uma viagem rápida de aproximadamente 15 minutos de carro pelas Av. Francisco Borges e São Sebastião. Se desejar partir das capitais próximas, a viagem de carro partindo do Aeroporto de Teresina leva pouco mais de 5h30 e do Aeroporto Internacional de Fortaleza, 6h30.

O que é o Delta do Parnaíba

Considerado como o Delta das Américas, já que é o único por aqui que desemboca em mar aberto, o Parnaíba é um arquipélago natural que tem a forma da letra grega “delta”. Considerado o terceiro maior do mundo, conta com cinco saídas para o mar, a barras de Igaraçu, das Canárias, do Caju, da Melancieira e do Tutóia. Esses locais se converteram em santuários ecológicos nos quais é possível encontrar muita diversidade e beleza natural.

O que você precisa saber antes de ir

Por mais linda que seja, a natureza exige certos cuidados dos turistas. Principalmente em um lugar como o Delta do Parnaíba, que possui tanta diversidade e exemplares magníficos da vida terrestre e marinha. Então veja abaixo algumas informações que você precisa para planejar a sua viagem:

  • Melhor época para visitar: de dezembro a janeiro e entre maio e agosto é o período ideal, pois não faz tanto calor na área e as chuvas também não são tão constantes ou intensas. Assim é possível aproveitar completamente.
  • Pacotes: como o arquipélago conta com uma grande extensão, é possível fechar pacotes de excursão por um dia ou metade de um dia e, assim, conhecer os melhores e mais belos lugares estrategicamente. Diversas empresas na região oferecem o serviço por preços variados.
  • Cuidados com a pele: essa é uma área que possui água salgada, água doce, sol forte e manguezais, então lembre-se de levar protetor solar e inseticida para as áreas de flora mais densa.
  • Área de proteção: como o Delta do Parnaíba possui uma grande diversidade de fauna e flora, ele se configura como uma Área de Proteção Ambiental, então é preciso estar atento as regras de preservação, como o cuidado com alimentos e embalagens.
  • Reserva extrativista: uma das ilhas do arquipélago é uma Reserva Extrativista Marinha (a Canária), e também é preciso respeitar as normas de proteção da vida marinha, como não entrar na água com a pele revestida de inseticidas.

Preste atenção a essas dicas e tenha certeza de que sua viagem será exatamente o que planeja, além de garantir a sua segurança e a desse lindo santuário natural!

O que fazer no Delta do Parnaíba

Com 2,7 mil quilômetros quadrados é impossível que não se encontre atrações para todos os gostos no Delta do Parnaíba. Seja para os mais aventureiros, os mais tranquilos ou aqueles que desejam apenas apreciar a natureza, existem atividades e locais maravilhosos para se conhecer em toda a extensão do arquipélago. Veja:

1. Barra do Igaraçu

Uma das cinco saídas para o mar, a Barra do Igaraçu é uma das partes do arquipélago do Delta do Parnaíba que conta com um rio próprio. Assim, além de contar com a belezas do Oceano Atlântico, também é possível aproveitar um mergulho em águas doces. Além disso, também é um santuário ecológico para proteger a fauna da região.

2. Barra das Canárias

A Barra das Canárias é outra saída para o mar que concentra algumas das ilhas e belezas da região. Parte de suas ilhas ficam na fronteira com o Maranhão e adentram alguns de seus municípios. No entanto, o que mais chama a atenção são as espécies ameaçadas de extinção encontradas na área, como os pequenos macacos pregos e os guaribas.

3. Barra do Caju

Se você deseja fazer ecoturismo para observar animais silvestres, o melhor é visitar a Barra do Caju. Em suas ilhas e manguezais é possível avistar de macacos até gatos-maracajás e pica-paus. Se gosta de mergulhar também vale a pena nadar com os botos e observar as gigantes tartarugas marinhas. Mas tome cuidado, pois em alguns locais há também jacarés de papos-amarelos.

4. Barra da Melancieira

A Barra da Melancieira também é um santuário ecológico e pode ser uma boa alternativa à Barra do Caju. Apesar de similaridades, a Melancieira tem menos animais e conta com uma flora mais rica. Assim, o passeio pode ser um pouco mais tranquilo e mais focado em trilhas e observação da natureza.

5. Barra do Tutóia

Já a Barra do Tutóia fica mais próxima ao Maranhão. Nesse local é possível fazer passeios de voadeiras que levam até 14 pessoas, apresentando algumas das belezas escondidas da região. É uma visão única e que vale a pena o passeio. Os valores dependem de cada empresa e trajeto.

6. Porto das Barcas

Considerado por muitos como a porta de entrada para o Delta do Parnaíba, o Porto das Barcas é uma área histórica em que se pode conhecer a cultura local. Algumas das atrações que merecem um pouco do seu tempo são os prédios históricos do Piauí, como os armazéns do século XX, e as feiras de artesanato. Além disso, é um ótimo lugar para comprar lembrancinhas da sua viagem.

7. Casa das Rendeiras

Um pouco antes do Porto dos Tatus é possível encontrar a Casa das Rendeiras. Nesse local, os visitantes podem ver o trabalho artesanal das mulheres da região com as mais diversas peças de renda, desde roupas que já foram vestidas por celebridades até joias e ornamentos. Também é possível comprar algumas das rendas, que são lindas recordações da viagem.

8. Porto dos Tatus

Outra forma de começar a conhecer o Delta do Parnaíba é pelo Porto dos Tatus, de onde diversos roteiros de passeio de barco saem. O porto em si já é um lindo local para conhecer, pois proporciona uma linda vista de todo o arquipélago. Além disso, é possível alcançar as mais de 70 ilhas que fazem parte dessa linda região.

9. Baía do Feijão Bravo

A Baía do Feijão Bravo fica próxima ao Porto dos Tatus, e sua principal atração é que o turista pode aproveitar o mar e o rio em cada lado da baía. O que separa a água salgada da doce são belíssimas dunas. Mas o que vale realmente são as praias, porque também possibilita uma linda vista e um local para relaxar.

10. Revoada dos Guarás

Entre as atrações imperdíveis do Delta do Parnaíba está a Revoada dos Guarás. Basicamente, os visitantes podem apreciar o sobrevoo das aves vermelhas, o que acontece todos os dias durante a tarde. Esse é um passeio realizado por empresas locais, já que acompanha os pássaros desde o Porto de Tatus até a Ilha dos Guarás. Cada pessoa paga cerca de R$ 180 pelo trajeto entre as baías e ilhas.

11. Ilha do Caju

Na fronteira entre o Piauí e o Maranhã, é possível encontrar a charmosa Ilha do Caju. A visita a esse local é focado no ecoturismo, já que ele apresenta condições naturais muito diversas entre si. De um lado o visitante vai encontrar áreas alagadas de água salgada, do outro, os mangues característicos da região. Mas também conta com matas e campos que proporcionam uma linda paisagem, além das incríveis dunas.

12. Ilha das Canárias

A Ilha das Canárias é a Reserva Extrativista Marinha do Delta do Parnaíba e fica após a divisa com o Maranhão, na cidade de Araioses. A ilha é pequena e conta com pouco menos de dois mil habitantes, mas vale a vista para conhecer mais da pesca artesanal e da caça aos caranguejos do mangue. Além disso, conta com praias naturais quase desertas que são pura beleza.

13. Praia do Atalaia

Localizada em Luís Correia, município que faz parte do Delta do Parnaíba, a Praia do Atalaia é um ótimo lugar para relaxar e aproveitar um mar calmo, com ondas baixas. Além disso, a praia conta com uma grande faixa de areia uniforme, ideal para quem gosta de brincar e praticar esportes, ou só deseja relaxar aproveitando a paisagem. A Praia do Atalaia também tem ótima infraestrutura de quiosques e banheiros.

14. Praia da Pedra do Sol

Uma das principais atrações da Ilha Grande de Santa Isabel, a Praia da Pedra do Sol, impressiona com o seu mar dividido por rochedos. E o melhor é que cada lado do mar pode atrair diferentes tipos de visitante. De um lado, crianças conseguem aproveitar as águas tranquilas e mansas. Já do outro, os surfistas e banhistas mais aventureiros podem se deliciar com as grandes ondas.

15. Dunas do Delta do Parnaíba

As Dunas do Delta do Parnaíba estão espalhadas por suas lindas ilhas, como a Ilha do Caju e das Canárias, e baías. E vale a pena reservar uma parte do seu tempo para conhecer esses lugares que se assemelham aos Lençóis Maranhenses. Mas preste atenção à época da sua visita, já que durante os meses chuvosos não é possível aproveitar ao máximo as dunas.

16. Lagoas Naturais

Outra atração que pode ser encontrada espalhada por todo o arquipélago são as lagoas naturais. Na maioria das vezes é possível encontra-las nas áreas adjacentes das dunas, o que lembra um oásis em meio a tanta areia. A proximidade também é prova da diversidade natural desse destino. Tenha certeza de ir entre junho e agosto para pegar a época de cheia das lagoas.

17. Passeio de barco

A forma mais tradicional de conhecer o Delta do Parnaíba é por meio de um passeio de barco. Normalmente esses roteiros já incluem algumas das principais atrações da região, como a caça ao caranguejo e algumas praias. Os passeios são realizados em embarcações que levam 80 pessoas, mas ainda é confortável para os visitantes. Além disso, o percurso é realizados em seis horas por cerca de R$ 75 por pessoa.

18. Casa do Cabloco

Para quem vai passar o dia no arquipélago, não é preciso levar alimentos, já que experimentar a culinária local faz parte da experiência. Por isso, na Ilha das Canárias é possível encontrar a Casa do Cabloco, uma pousada que também serve como restaurante. A comida é caseira e seus sucos e sobremesas são os mais elogiados. Vale a pena conhecer!

Como você pode ver, existem diversas belezas naturais para conhecer e aproveitar no Delta do Parnaíba. Então escolha as atrações que mais chamaram a sua atenção e monte o seu roteiro para conhecer toda a beleza do Delta das Américas.

Vídeos sobre esse paraíso da natureza e tudo o que você pode fazer

Com tantas escolhas em Delta do Parnaíba, é sempre bom saber mais sobre algumas atrações, vendo as experiências de quem já foi a esse lindo destino. Confira abaixo:

Um dia para aproveitar incontáveis atrações

A maior parte das pessoas que estão apenas de passagem pelo Piauí costumam dedicar um dia para conhecer do Delta do Parnaíba. Nesse vídeo, o canal Viaje Por Conta dá todas as dicas para aproveitar esse dia ao máximo.

O passeio tradicional pelo Delta do Parnaíba

Como a forma mais comum para conhecer as principais atrações desse maravilhoso arquipélago é com um passeio de barco, é bom que você saiba todos os detalhes de como é esse percurso. Para isso, nada melhor do que esse vídeo super completo do canal Família Nômade.

Uma das atrações mais queridas do arquipélago

A Revoada dos Guarás é um dos momentos mais aguardados por quem visita o Delta do Parnaíba e é uma visão realmente linda. Conheça todos os detalhes do percurso até a ilha e todos os detalhes desse passeio nesse vídeo da Patrícia Kellyrs.

Dunas, praias e muita beleza

Algumas das principais atrações desse destino são as belezas naturais e as formações típicas do nordeste, que você pode ver em detalhes nesse vídeo da Gabriele Pessanha, além de conseguir algumas dicas de como melhor aproveitar os locais.

Diversão e aventuras para toda a família

Neste vlog do canal Travel, Kids and Fun você consegue todas as informações necessárias sobre como fazer essa viagem com crianças, afinal, o Delta do Parnaíba também pode ser um local para diversão em família.

Não deixe de aproveitar todas essas informações e dicas quando estiver planejando a sua própria viagem. Assim, você garante que as atrações que escolher serão aquelas que farão da sua aventura pelo Piauí realmente inesquecível.

15 fotos do Delta do Parnaíba que vão te encantar

Se você ainda não estiver convencido que essa deve ser a sua próxima viagem, talvez ver mais alguns detalhes das belezas que te aguardam possa te empurrar na direção certa. Confira, abaixo, as melhores imagens desse destino encantador:

1. Logo de início, o Delta do Parnaíba encanta por suas águas e cores

2. Assim como por sua exuberante, diversa e preservada fauna e flora

3. Em todos os lugares é possível entrar em sintonia com a natureza

4. E é inegável que suas ilhas formam algumas das mais belas paisagens

5. Além das características belezas do nordeste brasileiro, como na Ilha do Caju

6. A Ilha das Canárias é similar, com suas águas límpidas e incríveis dunas

7. Que em tantos momentos lembram uma paisagem paradisíaca cinematográfica

8. Mas as praias do Delta do Parnaíba também são ideais para aproveitar

9. E que guardam belas paisagens naturais, com seu impressionante céu

10. Na Praia Pedra do Sal também vale a pena conhecer as rochas características

11. Que a distinguem de todas as outras praias da região, além de serem lindas

12. Mas um dos passeios mais impressionantes são as dunas do arquipélago

13. E o mais impressionante é que cada uma é única e encantadora ao seu modo

14. Além de contarem com as mais belas lagoas naturais ao seu redor

15. O que só embeleza ainda mais essa área de preservação da natureza

O Delta de Parnaíba garante diversão, aventura e contato com a natureza das mais diferentes e encantadoras formas. E já que você estará pela região, uma boa forma de fazer a sua viagem ainda mais incrível é conhecer a Rota das Emoções, um roteiro imprescindível pelas belezas nordestinas.