Forte dos Reis Magos: conheça o principal patrimônio histórico de Natal

Por
Atualizado em 26.03.21

O Forte dos Reis Magos foi o marco inicial da cidade de Natal e é a atração perfeita para quem busca cultura e história no mesmo local. Visitar a edificação é também viajar no tempo e embarcar na construção e na evolução da cidade. Saiba o que você encontrará por lá e todas as informações necessárias para o seu passeio:

Continua após o anúncio

Índice do conteúdo:

Onde fica o Forte dos Reis Magos

O Forte dos Reis Magos fica na Praia do Meio, na região leste de Natal, no estado do Rio Grande do Norte, precisamente na Av. Pres. Café Filho, 1. O acesso ao edifício é fácil, sendo sinalizado por muitas placas nas principais avenidas da cidade. A visita ao local pode ser feita diariamente das 8h às 16h30.

História do Forte dos Reis Magos

O Forte dos Reis Magos recebeu esse nome porque o início de sua construção foi consagrado com uma festa no Dia de Reis, em 1598. Seu formato de estrela permitia uma visão panorâmica de toda a costa, mas isso não impediu que, em 1633, os holandeses invadissem a cidade, mantendo o poder até 1654. Durante esse período, a construção era chamada de “Castelo Ceulen”.

Além de servir como fortaleza por muitos anos, o edifício também abriga o documento mais antigo do Brasil, o Marco dos Touros, de 1501, sendo o primeiro marco da posse portuguesa no país. As dependências do forte também serviram como prisão política, principalmente no período da Revolução Pernambucana e, em 1949, foi tombado como patrimônio histórico.

Curiosidades

Sendo sua visita ao Forte dos Reis Magos guiada ou não, as curiosidades a seguir deixarão o seu passeio em Natal ainda mais completo:

  • Muitos dos instrumentos e das construções originais do forte são mantidos no local: os canhões, que estão expostos na parte superior do prédio, a capela com poço de água doce e os alojamentos.
  • Para acessar o Forte dos Reis Magos, você terá que fazer uma caminhada de 500 metros por uma passarela, com uma vista incrível do Rio Potengi, da Praia de Genipabu e da Ponte Newton Navarro. Para aproveitar melhor a experiência, a recomendação é que esse passeio seja feito no fim da tarde – o cenário ficará ainda mais encantador com o pôr do sol.
  • O piso atual do edifício ainda é o original – são mais de 400 anos de muita preservação.
  • Quando o edifício ainda era utilizado como forte, não havia banheiros, e os ocupantes eram obrigados a fazer suas necessidades em um local reservado e descartar seus dejetos no rio.
  • A pequena igreja no centro do forte armazena, no teto, todos os armamentos e munições utilizados na época da colonização.

Aproveite sua visita ao Forte dos Reis Magos não só para conhecer mais da história de Natal, mas também para aproveitar uma das melhores vistas da cidade. E não se esqueça de registrar esses momentos, ok?

10 fotos encantadoras do Forte dos Reis Magos para querer conhecê-lo já

Ir ao Forte dos Reis Magos e não tirar muitas fotos é quase um pecado! O local reserva os melhores cenários, e as imagens a seguir comprovam essa teoria:

1. O Forte dos Reis Magos chama a atenção logo na chegada

2. E integra uma paisagem de tirar o fôlego

3. O passeio fica ainda melhor no pôr do sol

4. Mas o local pode ser visitado em qualquer dia, em qualquer momento

5. O contraste da construção com o mar é encantador

6. E seu formato de estrela oferece a melhor vista

7. Aproveite para conhecer toda a história na visita guiada

8. E conferir de perto as melhores curiosidades

9. Prepare-se para a caminhada pela passarela

10. E curta cada segundo do trajeto!

O ingresso para o Forte dos Reis Magos custa R$ 3, mas as visitas guiadas devem ser reservadas antecipadamente pelos telefones (84) 3211-3820, (84) 3211-6166 e (84) 3202-9006. Essa é uma das atrações que não podem faltar em seu roteiro na cidade, mas, para deixar a sua viagem ainda mais caprichada, saiba o que fazer em Natal nesse guia completo com 35 atrações!