12 praias desertas em São Paulo para você descobrir e se encantar!

Escrito por Bruno Mendes

Você sabia que há belíssimas praias desertas em São Paulo? Isso mesmo. O estado de São Paulo é, na maioria das vezes, lembrado – e saudado – em razão da exuberância urbana e das múltiplas opções de entretenimento de sua capital, uma das cidades mais importantes do mundo, mas os mares de águas transparentes, faixas de areia tranquilas e graciosas paisagens paradisíacas também incorporam a geografia do estado.

Há momentos em que é ótimo fugir de lugares cheios e encontrar relaxamento e paz em praias pouco visitadas e em muitos casos unicamente acessadas por trilhas e barcos. Então, o Viajali apresenta 12 ótimas praias desertas em São Paulo para você curtir o visual, mergulhar, tirar muitas fotos e aproveitar cada segundo.

1. Praia Foles e Fole Pequeno, Ilha do Cardoso

A Ilha do Cardoso é um parque estadual, localizado quase na divisa de São Paulo com o Paraná, que fica a 261 quilômetros da capital paulista, com áreas de mata atlântica preservada, praias desertas e bons espaços para trilhas. As praias de Foles e Fole pequena estão entre as melhores opções de lazer do local, a primeira tem 600 metros de extensão e a outra um pouco mais de 300 metros.

Ambas são rodeadas por rochedos, têm vista para a ilha de Cambriú e são separadas por um pequeno morro.

2. Praia de Castelhanos, Ilhabela

Atenção aventureiros! A praia de Castelhanos é um adorável destino para amantes do off road, em razão das características do solo da estrada de 22 quilômetros que corta o município de Ilhabela até a linda faixa de areias claras e o mar de ondas propício para a prática de surf. O acesso pela via é permitido aos veículos com tração nas quatro rodas, bicicletas, motos e triciclos e você também poderá percorrer o caminho a pé, caso seja amante de trilhas e tenha disposição, é claro.

Embora seja uma das praias mais afastadas de Ilhabela, Castelhanos conta com boa infraestrutura. Há uma pousada modesta, restaurantes na praia e até mesmo área para camping. Em resumo: chegar lá pode até ser um pouco cansativo, mas a natureza e o conforto compensarão qualquer esforço. E como compensarão!

3. Praia Brava, São Sebastião

Ao contrário da opção acima, a Praia Brava que fica em São Sebastião no litoral norte, é completamente rústica e não tem infraestrutura, sendo acessada por trilhas ou veículos especiais. Eis um daqueles lugares recomendados aos amantes do ecoturismo, afinal a área dispõe de fauna e flora abundantes e preservadas e está distante de opções urbanas

O mar tem ondas fortes e por isso é bastante procurado por surfistas. Se você quiser dar um mergulho com a família, muito cuidado, ok? No mais, é só apreciar esse pedacinho do paraíso com aspectos verdadeiramente selvagens.

4. Praia Barra do Una, São Sebastião

A praia do Una é mais um atrativo interessante de São Sebastião para quem gosta de lugares calmos e isolados. As areias branquinhas e o mar de águas límpidas e de ondas intensas  são elogiados por surfistas e amante da natureza em geral que aparecem por lá todos os anos.

Se você não quer saber de ondas fortes, fica sossegado pois na parte da praia onde há o encontro do mar com o rio Una, que desce por uma serra próxima, as águas são bem calminhas.

5. Praia da Raposa, Ubatuba

Ubatuba é uma badalada cidade do litoral norte de São Paulo e especialmente em feriados prolongados fica lotada de paulistanos e até turistas de outros estados. Contudo, a alguns quilômetros da badalação há praias isoladas e de acesso mais difícil, como a Praia da Raposa, que possui até ruínas históricas no caminho feito por trilha.

Muito arborizada e cercada de rochas, a atração tem  uma bica de água doce com água tão limpa que dá até para beber.

6. Praia das Enchovas, Ilhabela

A praia de Enchovas é uma das mais desérticas de Ilhabela e com 600 metros de extensão, sua orla é formada por suntuosas pedra, o que já confere um aspecto fundamentalmente rústico. Localizada na parte sul da ilha, ela é acessada por uma lancha que sai da praia do Perequê.

Além do banho de mar e da oportunidade de contemplar o cenário impecável, o visitante poderá curtir mergulho, pesca esportiva e até experimentar um delicioso prato de anchova com pirão. Quem resiste?

7. Praia do Caramborê, Peruíbe

Mais um exemplar de praia verdadeiramente rústica e sem infraestrutura, a Praia do Caramborê, situada no município de Peruíbe, tem águas esverdeadas e límpidas, e cerca de 550 metros de faixa de areia. O local é cercado por morros e muito verde.

Nas proximidades não há casas de veraneio e nem hospedagens, apenas um pequeno espaço para camping, portanto, este é um daqueles destinos sugeridos a quem pretende estabelecer contato com a natureza em sua forma mais autêntica.

8. Praia Preta, Guarujá

A Praia Preta está no grupo das praias secretas do Guarujá e o caminho é feito por uma trilha de nível moderado por meio da mata de aproximadamente 800 metros. Pelo percurso de troncos e árvores, pode-se conferir uma linda vista do mar que compensa qualquer esforço na caminhada.

Localizada a 28 quilômetros da parte central do Guarujá, a praia conta com pedras nas laterais, que podem ser escaladas para bons registros fotográficos e por perto há uma cachoeira com 8 metros de queda d’água.

9. Praia da Indaiaúba, Ilhabela

Escondidinha no extremo sul da Ilhabela, a praia de Indaiaúba fica perto da praia das Enchovas e os mar azul e com poucas ondas é convidativo a aquele visitante que morre de medo ou não é lá tão afim de águas agitadas.

Indicada para mergulhos livres, essa secreta mostra da natureza de Ilhabela possui pequenas cachoeiras e riachos no majestoso entorno.

10. Praia de Pacuíba, Ilhabela

A Praia de Pacuíba fica a aproximados 17 quilômetros ao Norte da região da balsa e está localizada em uma área com importante sítio arqueológico, pois já abrigou um engenho de açúcar no passado e alguns exemplares daquelas construções ainda podem ser vistos da faixa de areia.

As sombras garantidas pelas árvores, o mar calmo e a já habitual presença constante de matas preservadas certamente completarão um passeio muito interessante.

11. Praia do Camburi, Guarujá

Com um pouco mais de 20 minutos de caminhada por uma trilha a partir da praia Preta, o visitante encontra a praia do Camburi, uma das mais longínquas do Guarujá, formada por águas tranquilas e um pequeno rio cuja nascente está em ponto alto da mata.

A praia  não conta com bares ou quiosques e na trilha até o mar há uma cachoeira para aquele banho indispensável!

12. Praia do Cedro, Ubatuba

Relaxar em uma espreguiçadeira, contemplar a natureza, praticar mergulho e snorkel são algumas das atividades indicadas na Praia do Cedro, situada entre as montanhas de Ubatuba.

Ainda que em boa parte do ano  esteja vazia, ela costuma encher na alta temporada, o que faz perder um pouco do charme típico de praias secretas. De todo modo não deixa de ser uma excelente ideia experimentar um pouco da aventura de passar por descidas e subidas íngremes para encontrar o mar e aproveitar todos os atrativos que só a natureza pode oferecer.

Viu como são boas as opções de praias desertas em São Paulo? Fique certo de que os melhores exemplares da natureza também abraçam o estado mais urbanizado e desenvolvido do país!

PARA VOCÊ