Sítios arqueológicos: os melhores destinos históricos no Brasil e no mundo

Escrito por Gabriella Soares

Locais que respiram história sempre adicionam um sentido especial em viagens. Os sítios arqueológicos estão espalhados por todos os cantos do mundo, inclusive no Brasil, e podem abranger desde pequenos objetos até cidades inteiras, cheias de belezas e mistérios. Confira!

O que é um sítio arqueológico

Basicamente, é um local onde pode-se encontrar evidências de atividade humana em períodos passados ou pré-históricos. Para ser considerado dessa forma, é preciso que esses vestígios humanos sejam de grande importância científica para a compreensão da história da humanidade.

E essas evidências podem ser das mais variadas. Exemplos disso são as grandes obras arquitetônicas, pinturas rupestres, túmulos e artefatos que carregam significados importantes para uma determinada civilização ou período histórico.

Sítios arqueológicos no mundo

A grande importância para a história da humanidade e as belezas naturais e arquitetônicas dos sítios arqueológicos é o que faz com que esses sejam destinos muito procurados por turistas de todo o mundo. Veja locais que são a garantia de viagens inesquecíveis:

1. Parque Nacional de Mesa Verde, Estados Unidos

O Parque Nacional de Mesa Verde é um dos conjuntos de sítios arqueológicos mais importantes dos Estados Unidos, com mais de quatro mil sítios arqueológicos. No local, é possível observar como era a vida do povo ancestral puebloan, que viveu no Colorado há 1.400 anos. É possível visitar suas habitações com a ajuda de guardas florestais para garantir a segurança. O parque conta ainda com o Palácio do Penhasco, com mais de 100 quarto, um museu e mirantes.

2. Machu Picchu, Peru

Machu Picchu é um dos destinos mais famosos da América do Sul e não é à toa. O sítio arqueológico peruano, que é considerado Patrimônio Cultural e Natural da Humanidade, é uma das sete maravilhas do mundo moderno. Machu Picchu fica no alto da Cordilheira dos Andes, sua construção data do século XV e é considerada um símbolo para o que foi o Império Inca. Com uma visita guiada é possível conhecer a história do local, as trilhas incas pelas montanhas, além de construções arquitetônicas únicas, como Inti Punku, a porta de entrada de Machu Picchu, e os templos religiosos daquele povo.

3. Templo de Luxor, Egito

Visualmente, o Templo de Luxor, no Egito, já é impressionante por si só. Verdadeiros edifícios, obeliscos e estátuas faraônicos construídos em meio ao deserto como uma forma de honrar os deuses egípcios. Mas além das maravilhas arquitetônicas, Luxor conta ainda com raros documentos que dão pistas sobre as civilizações faraônica, greco-romana, copta e islâmica. E os mistérios egípcios ainda atraem milhares de turistas para o Templo de Luxor. O sítio arqueológico conta com diversas estátuas, artefatos, construções e corredores, cheios de histórias e segredos que continuam a maravilhar o público com o tempo.

4. Monte Palatino, Roma

Habitado a cerca de dois mil anos atrás, o Monte Palatino foi o lar da realeza romana e exala história. O conjunto de sítios arqueológicos conta com atrações como as ruínas dos palácios dos imperadores. É possível visitar o Fórum Romano, local eternizado por ter sido onde o imperador Júlio César foi assassinado. O Coliseu é considerado um dos destinos mais emocionantes, já que era onde os gladiadores lutavam, inclusive com animais, e ainda preserva muito de sua estrutura original, com diversos corredores e entradas secretas.

5. Parque pré-histórico e grutas de Réclère, Suíça

Para visitar o parque pré-histórico e as grutas de Réclère, na Suíça, é aconselhável que seja em grupo e com o auxílio de guias para explicar a grandiosidade do que se encontra ali. A aventura começa já no caminho para o parque. Para chegar até lá é preciso fazer uma trilha que contém mais de 500 degraus em que se pode observar estalactites e estalagmites – formações rochosas feitas de água que se solidificam no interior de cavernas. E é depois disso que se encontra à principal atração do parque: sua rica expressão pré-histórica. Mais de 40 réplicas em tamanho real de dinossauros e outros animais mostram aos visitantes a história e a beleza da evolução.

6. Delfos, Grécia

Na Antiguidade, Delfos era considerado o centro do universo. A cidade grega foi o palco dos Jogos Píticos e o lar do famoso oráculo de Delfos, que morava dentro de um templo dedicado ao deus Apolo. Atualmente, o sítio arqueológico de Delfos é um Patrimônio Mundial da Humanidade, segundo a UNESCO. A cidade é repleta de construções e antiguidades gregas que refletem seu caráter sagrado para a cultura da época, como o Templo de Apolo, o antigo estádio da cidade e um museu, que conta com artefatos banhados a ouro, objetos do dia a dia da população da cidade e representações da cultura grega antiga.

7. Angkor Wat, Camboja

A antiga capital do Império Khmer, Angkor guarda impressionantes vestígios da cultura e religião humana em Camboja. A cidade conta com um complexo sítio arqueológico que data do século IX, e que por centenas de anos ficaram escondidas das pessoas por sua localização em meio a árvores gigantes. Os templos foram construídos pelos reis khmer em adoração aos deuses hindus e, posteriormente, budistas. Durante o Império Khmer, mais de 500 mil pessoas viviam dentro desses templos, que contam com uma arquitetura complexa e em harmonia com a natureza que o rodeia.

Todos esses destinos representam viagens instigantes e cheias de história e belas paisagens ao redor do mundo. A beleza, aventura e diversão são garantidas. Mas para quem deseja conhecer um pouco mais do Brasil, também há importantes destinos que transbordam os mistérios da pré-história e da história nacional.

Sítios arqueológicos no Brasil

O Brasil tem diversos sítios arqueológicos que estão espalhados por todo o país e demonstram um pouco dos primeiros nativos. Esses locais, além de seus incríveis valores históricos, também têm ambientes naturais cheios de beleza e diversidade de fauna e flora. Há rios, cachoeiras, trilhas, florestas, pinturas rupestres, artefatos pré-históricos e maravilhas da arquitetura esperando para serem descobertos.

1. Parque Nacional da Serra da Capivara, Piauí

O Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, apresenta o maior número de sítios arqueológicos de todas as Américas. São mais de mil sítios com vestígios de utensílios de pedra lascada, pinturas rupestres, fogões primitivos e artefatos, que demonstram a presença da humanidade em território brasileiro há pelo menos 60 mil anos. O parque fica aberto de segunda à sexta-feira (8h – 18h) e a entrada é gratuita.

2. Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, Minas Gerais

Outra viagem incrível pelos sítios arqueológicos brasileiros é o Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, localizado ao norte de Minas Gerais. Nas Cavernas do Peruaçu é possível fazer trilhas, passar por salões de cavernas e observar mirantes naturais, além das pinturas rupestres que chegam a cobrir paredes inteiras de algumas das cavernas.

O Parque é aberto à visitação todos os dias, das 8h às 14h30. Não há taxa de entrada, porém para realizar a visita é obrigatório a companhia de um guia credenciado, que custa aproximadamente R$120,00 por pessoa. As visitas devem ser agendadas por email (cavernas.peruacu@icmbio.gov.br) e a lista de guias credenciados pode ser encontrada aqui.

3. Sítio Arqueológico Pedra Pintada, Minas Gerais

Localizado no distrito de Cocais, em Barão de Cocais (MG), o sítio arqueológico de Pedra Pintada faz parte das montanhas da cadeia do Espinhaço. A sua relevância histórica se dá pelas representações dos seres humanos que habitaram o Brasil a cerca de 10 mil anos. Em Pedra Pintada é possível encontrar 122 pinturas rupestres feitas com pigmentos naturais. Como o sítio fica em terras particulares, é cobrado dos visitantes uma taxa de aproximadamente R$10,00 por pessoa e funciona das 9h às 16h.

4. Pedra do Ingá, Paraíba

Na cidade de Ingá, na Paraíba, fica localizada o monumento arqueológico Pedra do Ingá. Atualmente, o complexo, que conta com um museu de história natural, é considerado um Monumento Nacional Brasileiro. A pedra conta com diversas inscrições rupestres, mas a origem dessas inscrições e qual civilização elas representam ainda não é certa. O monumento Pedra de Ingá fica aberto de terça à domingo, das 8h às 16h para visitação. A entrada é gratuita.

5. Parque Arqueológico do Solstício, Amapá

Um dos destinos mais misteriosos entre os sítios arqueológicos brasileiros é o Parque Arqueológico do Solstício, em Calçoane, no Amapá. Além das pinturas rupestres, o local conta com outra interessante atração: um círculo megalítico com 127 rochas dispostas no topo de uma colina. Estima-se que esse círculo tem cerca de dois mil anos. O local é amigável para turistas e é possível visitar a área gratuitamente.

Os sítios arqueológicos têm uma rica história para ser descoberta. Além de ajudar a entender a história da humanidade, esses locais ainda apresentam algumas das belezas naturais mais lindas do mundo. Destinos perfeitos para se conhecer um pouco mais da nossa história. Por isso, leia mais sobre Machu Picchu e encante-se por esse sítio!

PARA VOCÊ