16 melhores praias de Florianópolis para curtir na Ilha da Magia

Escrito por Sheila Almendros

Difícil ir para Florianópolis e não desejar voltar nas próximas férias! A capital catarinense possui as mais belas praias do sul brasileiro e a lista a seguir comprova todo este mérito:

Continua após o anúncio

1. Praia da Joaquina

Conhecida mundialmente por servir de palco para competições internacionais de surfe e shows durante todo o ano, a Praia da Joaquina possui uma infraestrutura perfeita para receber seus visitantes, em sua maioria jovens, como lojas, restaurantes, estacionamento, salva-vidas e uma ótima iluminação noturna.

2. Praia Mole

Considerada uma das praias mais lindas de Santa Catarina, a Praia Mole recebe este nome por sua areia fofa. É o ponto de encontro de muitos jovens, principalmente porque possui diversos barzinhos por sua orla.

É muito comum a prática de esportes aquáticos por lá, e é necessário tomar cuidado redobrado com a criançada, pois além de ser uma praia de tombo, as ondas são bem fortes.

3. Praia da Barra da Lagoa

Uma região cercada por pescadores e turistas que procuram tranquilidade e uma bela paisagem. A região tem boas pousadas e restaurantes, e as ondas fortes são tranquilizadas pelo canal da praia, ideal para os surfistas aglomerados em um lado, e para os banhistas do outro.

Não deixe de tirar umas fotos incríveis da Ponte Pênsil e se tiver tempo, atravessar a pequena trilha entre os casebres que dá acesso à Prainha.

4. Praia da Galheta

Galheta fica entre as duas praias mais movimentadas de Florianópolis, porém ela é semideserta. Muitos de seus visitantes praticam o nudismo (sem obrigatoriedade) com bastante privacidade, já que não há bares e restaurantes pelas redondezas.

A natureza é intacta nesta praia e o único barulho que se escuta são as ondas do mar.

5. Praia do Santinho

Muito frequentada por surfistas, Santinho recebe também visitantes que buscam muita tranquilidade e conforto. Um complexo hoteleiro luxuoso atende turistas de todo o mundo, e esta modernidade se contrapõe com o acervo de arte rupestre em pedras com mais de 5 mil anos depositadas por pescadores na praia.

6. Praia do Moçambique

A maior praia de Santa Catarina pertence a reserva Parque Florestal do Rio Vermelho, e é ideal para quem quer relaxar e entrar em contato com a natureza, pois há poucos frequentadores no local.

Continua após o anúncio

Sua orla não possui construções, o mar é de tombo com ondas fortes e a água um tanto gelada por terem contato com a Corrente das Malvinas.

7. Praia Brava

O nome já anuncia o porque os surfistas adoram frequentar o local. Para chegar até ela, é necessário passar por um mirante, que oferece uma incrível vista em sua chegada. Por conta disso, até os anos 1970, a praia era praticamente desconhecida, mas hoje em dia diversos restaurantes e hotéis se instalaram pela região.

8. Praia dos Ingleses

Durante o verão, a Praia dos Ingleses é tomada por turistas de várias partes do mundo, e no inverno, por pescadores em busca de Tainha e festividades regionais. Ao final de sua orla, as dunas atrai praticantes de sandboard, esporte criado na cidade.

9. Praia de Ponta das Canas

As águas tranquilas e quentes da Ponta das Canas atrai muitos turistas no verão, principalmente os uruguaios e argentinos. Por conta disso, não é difícil encontrar restaurantes deliciosos, barzinhos e opções de hospedagens completas.

10. Praia da Lagoinha

Apesar de pequena, Lagoinha atrai muitas famílias com suas águas tranquilas e mornas. A infraestrutura é simples, mas seus visitantes são bem atendidos pelos serviços da praia ao lado.

A antiga colônia de pescadores serve de residência de muitas pessoas que fogem da vida agitada e buscam por sossego e descanso.

11. Praia de Jurerê

Jurerê se divide em duas partes distintas do bairro: de um lado, o sofisticado e planejado residencial Jurerê Internacional, com estacionamento, bares, restaurantes, lojas e parques.

Do outro, os antigos moradores em suas casas simples e restaurantes de comida típica formam o Jurerê Tradicional. Mas na longa areia da praia tudo se mistura, e atrai visitantes que buscam suas águas mornas e tranquilas.

12. Praia do Forte

Restaurada em 1992, a fortaleza construída em 1740 é a maior atração da Praia do Forte, mas também divide atenções com seus bares que servem comidas deliciosas ao grande estilo “pé na areia”, e o tranquilo, morno e convidativo mar.

13. Ilha do Campeche

A ilha está localizada na praia com o mesmo nome, e é protegida e preservada pela Associação Couto de Magalhães desde 1940. É possível chegar até ela pela Praia da Armação, Pântano do Sul e Barra da Lagoa de barco, para curtir a sua bela paisagem formada por um mar azul turquesa, inscrições rupestres, oficinas líticas e barzinhos.

14. Praia do Morro das Pedras

Ir para Florianópolis e não conhecer o Morro das Pedras é praticamente um pecado! Seu cenário intacto, o mar batendo nas pedras, transformando uma coisa tão simples em um espetáculo, arremessando a água por metros de altura, é algo lindo de se ver.

A Casa de Retiro dos padres jesuítas também é outra parada obrigatória.

15. Praia da Armação

Um local que mistura turistas, pescadores e turistas por todo o ano, repleta de bares, baladas e ótimos restaurantes e pousadas. Avistar o nado das baleias na região é um dos atrativos que movimenta a economia da cidade.

16. Ribeirão da Ilha

A primeira comunidade do Estado é muito conhecida por preservar as características da colonização portuguesa. As casas com fachadas antigas, com cortinas de renda e mulheres debruçadas na janela assistindo o movimento, os pescadores na praia, a Igreja Nossa Senhora da Lapa do Ribeirão e o Museu Etnológico do Ribeirão da Ilha são traços distintos desta época, ideal para quem adora mergulhar na história local.

Com tantas opções disponíveis, impossível ficar em só um lugar durante toda a viagem!

 
   

PARA VOCÊ