26 frases capazes de irritar os europeus – não seja mala: não as diga!

Escrito por Douglas Ciriaco

O mundo é enorme e conhecer outros países é sempre uma aventura interessante. Contudo, mesmo quem se propõe a conhecer outras praças pode acabar proferindo frases que não vão exatamente agradar os moradores do local visitado, portanto é preciso ficar atento.

Continua após o anúncio

Baseado em uma postagem do Reddit, a página Sigmagfx elaborou um mapa no qual é possível conferir as frases que mais irritam os habitantes da maioria dos países europeus. Dar uma boa olhada nele pode ser essencial para você que planeja visitar o Velho Continente e não quer dar nenhuma mancada na hora de conversar com quem vive lá.

[Importante: as traduções para os idiomas oficiais de cada país citado nesta lista foi feita com ajuda do Google Tradutor e tem fins meramente ilustrativos.]

1. Portugal

iStock

Do you speak Brazilian right? | Vocês falam brasileiro, certo?

Essa é a mais difícil de incorrer para nós brasileiros. Segundo o mapa, esta é uma das frases mais irritantes ditas por turistas que visitam Portugal. Como nós também sofremos com algo semelhante — afinal não é difícil encontrar estrangeiros achando que o espanhol é a língua oficial do Brasil —, estamos vacinados, mas nunca é demais alertar.

2. Espanha

iStock

So you are latino? | Entonces eres latino? | Então você é latino?

Outra confusão que os brasileiros dificilmente devem cometer quando visitarem a Espanha é achar que espanhóis são latinos. “Latino” é uma abreviação de latino-americano, expressão que define pessoas nascidas na América Latina — ou seja, nos países do continente americano que falam idiomas latinos (como espanhol, francês e português). Apesar de se falar português em Portugal e espanhol na Espanha, nativos de ambos os países não são conhecidos como “latinos”.

3. França

iStock

American wines are better | Vins américains sont meilleurs | Vinhos americanos são melhores

A França é o maior produtor mundial de vinho e, além disso, as bebidas fermentadas de uva produzidas no país europeu são costumeiramente reconhecidas como as melhores do planeta. Assim, ir até lá para dizer que os vinhos americanos — ou de quaisquer outras partes do mundo — são melhores não é algo muito aconselhável.

4. Suíça

iStock

Belgian chocolate is the best! | Belgische pralinen sind besser | Chocolates belgas são melhores

Continua após o anúncio

Vinhos franceses, charutos cubanos e uísques escoceses. Você pode não gostar, mas não há como negar que estes são os melhores do mundo em suas categorias. Assim como os chocolates suíços, também reconhecidos por seu refinamento e qualidade ímpares. Portanto, vai pegar mal chegar na Suíça bradando que os chocolates belgas são melhores.

5. Itália

iStock

I like pasta with ketchup | Mi piace la pasta con ketchup | Eu gosto de macarrão com ketchup

As massas são verdadeiros patrimônios culturais da Itália, e os italianos costumam levar bastante a sério esta questão. Portanto, dizer que você gosta de colocar ketchup no macarrão é uma verdadeira ofensa para os italianos — e o mesmo acontece com a pizza. Assim, por mais que você seja um adepto desta prática, tente não esfregá-la na cara dos italianos em uma visita ao País da Bota.

6. Irlanda

iStock

Southern Ireland | Theas Ireland | Irlanda do Sul

A Irlanda deixou de fazer parte do Reino Unido no início da década de 1920, ao que se seguiu uma violenta guerra civil cujas consequências se desdobraram até o final do século 20. Assim, chamar o país de “Irlanda do Sul” para diferenciá-la da Irlanda do Norte (ainda membro da Grã-Bretanha) é uma grande ofensa ao intenso orgulho nacional irlandês. Simplesmente não diga isso pelas ruas de Dublin (nem em nenhum outro lugar do país).

7. Escócia

iStock

Where in England is that? | Càite bheil sin ann an Sasainn? | Onde fica isso na Inglaterra?

Partindo para o Reino Unido, quando estiver conversando com um escocês, jamais confunda as coisas e pergunte em que parte da Inglaterra fica uma cidade escocesa. Apesar de ambos os países estarem sob a batuta da realeza britânica, eles são territórios distintos. Dado o sentimento nacional que se aflora cada vez mais na Escócia, tal confusão pode trazer alguns problemas.

8. Inglaterra

iStock

Las Malvinas son argentinas | As malvinas são argentinas

Questão controvérsia e motivo de guerra entre Inglaterra e Argentina, as Ilhas Malvinas (oficialmente chamada pelos ingleses de Ilhas Falkland) ainda mexem com as paixões de ambos os países. Portanto, você não deve ir até a Argentina chamando o território de Falkland, tampouco chegar à Inglaterra bradando que “las Malvinas son argentinas”. O bom senso sempre pode ajudar a evitar problemas.

9. Holanda

iStock

Sinterklaas is racist | Sinterklaas is racistisch | O Sinterklaas é racista

O Sinterklaas é uma tradição holandesa, uma espécie de antecessor do Papai Noel. No dia de São Nicolau, o Sinterklaas sai pelas ruas holandesas distribuindo doces para as crianças, sempre acompanhado de seus ajudantes Zwarte Piets. Chamados de servos ou mesmo de escravos, estes auxiliares são vividos por pessoas que pintam seus rostos de preto, resultando na prática conhecida como “blackface”.

Na maioria dos países ocidentais, este tipo de ação (de “se fantasiar” de negro) é uma prática identificada como racista. Entretanto, segundo as tradições na Holanda, estes ajudantes do Sinterklaas são criaturas místicas, não seres humanos negros. Assim, como este não seria um caso de racismo, mas uma representação cultural antiga, acusá-la de racismo pode irritar os holandeses.

10. Alemanha

iStock

This video is not available in your country | Dieses video ist in deinem land nicht verfügbar | Este vídeo não está disponível em seu país

Este não é um caso de frases ditas por turistas estrangeiros, mas sim de uma frase que os alemães veem com certa frequência — e que os deixa bastante irritados. Isso acontece porque não é incomum que diversos conteúdos encontrem problemas de licenciamento para serem disponibilizados na Alemanha. Assim, o simples ato de ver um vídeo no YouTube pode ser bastante trabalhosos para os alemães.

11. Áustria

iStock

Are you germans? | Bist du germans? | Vocês são alemães?

As relações históricas entre alemães e austríacos — nem sempre amistosas, diga-se de passagem — acabam por causar uma grande confusão na cabeça de muita gente. Por isso, não é difícil encontrar pessoas que pensam que a Áustria é uma espécie de anexo da Alemanha, o que pode soar uma ofensa para um austríaco. Evite proferir tal sentença para não causar inimizades.

12. Eslovênia

iStock

Alpine serbs | Alpski srbi | Sérvios alpinos

Os ex-países da Iugoslávia também sofrem com algumas definições massificantes. Os eslovenos, por exemplo, costumam ser chamados de “sérvios alpinos”, mas isso é algo que eles não gostam de ouvir. Então, evite fazer este gracejo sem graça com alguém nascido na Eslovênia.

13. Croácia

iStock

Catholic serbs | Srbi katolici | Sérvios católicos

A tradição católica da Croácia, outro país da ex-Iugoslávia, causa um estereótipo religioso para os croatas: sérvios católicos. Assim como com os eslovenos, jamais se refira a um croata desta maneira.

14. Bósnia e Herzegovina

iStock

Muslim serbs | Muslim srba | Sérvios muçulmanos

Se os croatas se irritam por serem chamados de “sérvios católicos”, os bósnios se incomodam quando ouvem estrangeiro os definindo genericamente como “sérvios muçulmanos”. Assim, nada de usar o viés religioso para se referir aos nascidos na Bósnia e Herzegovina.

15. Sérvia

iStock

Tesla is croat | Tesla je hrvat | Tesla é croata

Um dos mais proeminentes da história quando o assunto é engenharia mecânica e eletrotécnica, Nikola Tesla tem etnia sérvia, mas nasceu na aldeia de Smiljan em 1856. Na época, esta região pertencia ao Império Austríaco, porém, atualmente ela é parte da Croácia. Numa espécie de disputa sobre a que país pertence esta importante personalidade, não é muito agradável chegar em alguma cidade sérvia e bradar que Tesla era croata.

16. Macedônia

iStock

Southern serbs | Južni srbi | Sérvios do sul

Descendo um pouco mais no mapa, os macedônios também não estão livres de definições generalizantes e igualmente irritantes. De acordo com os dados recolhidos no Reddit, a frase mais incômoda que um estrangeiro pode usar para se referir a eles é a de “sérvios do sul”.

17. Grécia

iStock

Macedonia for macedonians | Makedonía gia tous makedónes | Macedônia para macedonianos

A grande presença de macedonianos na Grécia virou motivo de piada entre habitantes dos dois países. Assim, a coisa que mais incomoda os gregos é quando alguém que fala que o país de Sócrates, Platão e Aristóteles pertence, de fato, aos nativos do território vizinho. Não faça esse tipo de brincadeira por lá.

18. República Tcheca

iStock

Are you eastern europeans? | Vy jste Východoevropané? | Vocês são europeus orientais?

A posição geográfica da República Tcheca, no limiar da linha imaginária de divide a Europa ocidental da Europa oriental, também é motivo de consternação. Por causa disso, muita gente insiste em perguntar se os tchecos já estão do lado oriental do Velho Continente, algo que eles já não aguentam mais escutar.

19. Hungria

iStock

Are you hungry? | Éhes vagy? | Você está faminto?

Essa é uma “piada” que funciona apenas no inglês: “hungry”, que significa “faminto” é uma palavra parecida com “Hungary”, que é “Hungria” em inglês. Assim, falantes deste idioma costumeiramente lançam esta expressão quando visitam o país do leste europeu ou encontram algum húngaro pelo mundo. Agora você já sabe: isso não tem tanta graça.

20. Romênia

iStock

Beautiful country, I love Budapest | Țară frumoasă, îmi place Budapesta | Um belo país, eu adoro Budapeste

Um erro comum feita por turistas que visitam a Europa é confundir Budapeste, capital da Hungria, com Bucareste, capital da vizinha Romênia. Portanto, pense bem (e recorra ao Google caso esteja em dúvida) antes de dizer que adora uma das duas. Confundir vai pegar mal tanto com húngaros quanto com romenos.

21. Bulgária

iStock

Still use the russian alphabet? | Vse oshte se izpolzva ruskata azbuka? | Vocês ainda usam o alfabeto russo?

Os idiomas búlgaro e russo utilizam o mesmo alfabeto, o cirílico. Contudo, muita gente trata tal conjunto de caracteres como “alfabeto russo”, o que sem dúvida irrita bastante os nascidos na Bulgária. Agora você já sabe: nada de chegar lá reduzindo a participação búlgara na utilização deste alfabeto.

22. Polônia

iStock

Polish death camps | Polskie obozy śmierci | Campos de morte poloneses

A Polônia foi um dos países mais castigados pela Alemanha nazista durante parte dos anos 1930 e 1940. Assim, a história do país ficou profundamente marcada pelos vastos campos de concentrações nos quais os nazistas mantinham judeus, homossexuais, negros e outras minorias étnicas. Apesar de isso ser um fato, não é muito elegante ressaltar isso o tempo todo quando você conversa com um polonês.

23. Lituânia, Letônia e Estônia

iStock

Baltics? You’re russians, right? | Baltijos? Jūs esate rusai, tiesa? | Baltics? Jūs esat krievi, vai ne? | Baltikumis? Sa oled venelased, eks? | Bálticos? Vocês são russos, certo?

A região a sudeste do Mar Báltico é povoada pelos povos bálticos, notadamente divididos entre Lituânia, Letônia e Estônia. Apesar das semelhanças entre esses povos, eles não são iguais, tampouco são russos. Quando encontrar algum membro dos povos bálticos, jamais chame-o de russo!

24. Noruega

iStock

Are you the western part of Sweden? | Er du den vestlige delen av Sverige? | Vocês são a parte ocidental da Suécia?

Noruega e Suécia são, ambos, países escandinavos. Entretanto, apesar das bandeiras e dos traços físicos dos seus povos também semelhantes, os dois países são coisas distintas. Desta forma, jamais se refira à Noruega como “a parte ocidental da Suécia”. Especialmente se você estiver conversando com um norueguês.

25. Suécia

iStock

Rape capital of the world | Våldtäkt huvudstad i världen | Capital mundial do estupro

Dado a uma peculiaridade na forma como as autoridades suecas registram os casos estupros — se uma pessoa é violentada inúmeras vezes em uma única situação, isso conta como múltiplos casos —, as estatísticas de violência sexual no país são numerosas. Por isso, o país escandinavo tem este incômodo apelido, mas você não precisa sair dizendo isso para um sueco.

26. Turquia

iStock

Can you translate this arabic sentence? | Bu arapça cümle çevirir misiniz? | Você consegue traduzir esta frase em árabe?

Uma das peculiaridades da Turquia é o fato de o país ficar parte na Europa, parte na Ásia. Além disso, este é um país de maioria muçulmana, o que cria a ideia errada de que qualquer turco saberá traduzir uma frase escrita em árabe. Por favor, nada de sair fazendo este tipo de pedido quando cruzar com um turco.

Novamente, reforçamos que as traduções para os idiomas oficiais de cada país citado nesta lista foi feita com ajuda do Google Tradutor e tem fins meramente ilustrativos. Mas, o conteúdo já serve como aviso para você não ser um turista “mala”, não é mesmo?

Aproveitando que você está na vibe relacionada ao Velho Continente, que tal conhecer 15 cidades europeias que você nunca pensou em visitar, mas que valem a pena ou, para quem está com a grana curta, descobrir quais são as 25 cidades mais baratas da Europa para viajar em 2017? Monte seu roteiro e boa viagem, sendo um viajante consciente!

 
   

PARA VOCÊ